Skip to content

Cai circulação dos maiores jornais brasileiros em 2009

03/02/2010

O jornal impresso há muito agoniza com o surgimento da internet e a oferta abundante de informações de fácil acesso e sem custo. Por isso não é surpresa a notícia veiculada pela revista Meio e Mensagem Online que informa queda na circulação dos 20 maiores jornais diários brasileiros em 2009. A seguir transcrição da notícia e estarei sempre noticiando informações sobre as novas tendências do jornalismo na Cibercultura. É evidente que muitas coisas já mudaram e continuarão a mudar. O que se tem como certo é que as empresas jornalísticas tem um custo para disponibilizar notícias de credibilidade e o fato dessas informações poderem ser “copiadas” sem custo, como eu mesma fiz agora, certamente terá que ser levado em conta. Ou é apenas uma troca de plataformas de comunicação? Como custear essas informações?

Breve voltarei a fazer algumas observações sobre as pequisas e tendências sobre os jornais diários impressos e sua “evolução”…

(Meio & Mensagem, 01) 1. Caiu 6,9% a circulação somada dos 20 maiores jornais diários brasileiros em 2009. Onze títulos viram seus números encolherem durante 2009. Os dois que mais caíram foram os do Grupo O Dia, do Rio de Janeiro: O Dia (-31,7%) e Meia Hora (-19,8%). Também tiveram quedas Diário de S. Paulo (-18,6%), Jornal da Tarde (-17,6%), Extra (-13,7%), O Estado de S. Paulo (-13,5%), Diário Gaúcho (-12%), O Globo (-8,6%), Folha de S. Paulo (-5%), Super Notícia (-4,5) e Estado de Minas (-2%).

2. A liderança continua com a Folha de S. Paulo (média diária incluindo domingo, de 295 mil exemplares), seguida por Super Notícia (289 mil), O Globo (257 mil) e Extra (248 mil). Em quinto lugar está O Estado de S. Paulo (213 mil), à frente do Meia Hora (186 mil) e dos gaúchos Zero Hora (183 mil), Correio do Povo (155 mil) e Diário Gaúcho (147 mil). O top 10 se completa com o Lance (125 mil).

3. Apenas seis conseguiram melhorar seus desempenhos de acordo com dados do Instituto Verificador de Circulação (IVC). São eles: Daqui (31%), Expresso da Informação (15,7%), Lance (10%), Correio Braziliense (6,7%), Agora São Paulo (4,8%) e Zero Hora (2%). Mantiveram-se estáveis: Correio do Povo, A Tribuna e Valor Econômico, que encerraram o ano passado com circulações bem próximas às do fechamento de 2008.

Fonte da informação aqui

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: